3485233.jpg

Comparação entre testes

Saiba as diferenças entre os testes rápidos e moleculares para identificação do vírus e quando eles são indicados.

Triagem

MOLECULAR

Saiba mais sobre o método desenvolvido pela BiomeHub para identificação de portadores assintomáticos do vírus causador da COVID-19.

Notícias

Acompanhe as principais notícias sobre a Triagem Molecular para detecção de

SARS-CoV-2

Os testes de diagnóstico para COVID-19 se destacaram na atual pandemia como uma ferramenta essencial para rastrear a propagação da doença. Para a avaliação de um grande número de pessoas a fim de identificar os indivíduos portadores do SARS-Cov-2, se faz necessário a aplicação de testes com maior sensibilidade. Desta forma, garantir que não haja resultados falso negativos.

 

Com o objetivo de proporcionar a retomada da economia de forma segura e monitorar a evolução das contaminações pelo COVID-19, a Fundação CERTI lançou a iniciativa COVID-19 junto com as empresas Neoprospecta e Biome-Hub, a FIESC e o SESI. O objetivo do projeto é de realizar testes moleculares tipo RT-PCR (que identificam material genético do vírus) em grande escala e com baixo custo de aplicação.

A estratégia de triagem molecular para detecção de SARS-CoV-2, desenvolvida pela BiomeHub para identificação de portadores assintomáticos do vírus causador da COVID-19, é um método para aplicação em larga-escala e com baixo custo, sem perda de sensibilidade nos resultados encontrados. 

 

Este método é baseado no padrão-ouro de detecção por biologia molecular, utilizando PCR em tempo real específico para identificação do vírus.

Por que testar pessoas assintomáticas é importante no combate a COVID-19?

O protocolo oficial do Ministério da Saúde, foca em indivíduos sintomáticos, os quais possuem indicativos clínicos para o COVID-19 ou alguma outra doença respiratória. 

 

Porém, diversas evidências apontam que um dos grande motivos para a rápida dispersão do SARS-CoV-2 é a capacidade de indivíduos assintomáticos transmitirem o vírus, devido a característica do vírus se multiplicar no sistema respiratório superior. 

 

É importante a testagem em massa nas pessoas que não possuem sintomas como uma das medidas de bloqueio para reduzir o número de infectados.

 

Primeiro, porque a identificação rápida de alguém infectado permite monitorar esse indivíduo e iniciar de forma precoce o tratamento em caso de evolução da doença, bem como a possibilidade de monitorar também as pessoas que mantiveram contato próximo com este assintomático, reduzindo o potencial de transmissão comunitário. 

 

A testagem nesse grupo também possibilita projeções mais assertivas dos órgãos de saúde quanto a real situação da pandemia e demandas do sistema. A medida também contribui para o retorno seguro às atividades econômicas.

Clique no ícone do PDF para ler mais sobre o diagnóstico molecular para COVID-19
Objetivo da BiomeHub

O nosso principal foco, é auxiliar o setor produtivo a estabelecer programas de monitoramento das suas equipes (indivíduos assintomáticos para o COVID-19), de forma custo/ efetiva e com um método apropriado, visando conter/reduzir a chance de surtos, que apresentam risco para a saúde de seus colaboradores e suas operações, principalmente nas atividades classificadas como essenciais.

Como coletar a amostra
Você também pode ler as orientações de coleta clicando no ícone do pdf
 
Entre em contato
Av. Luiz Boiteux Piazza, 1302 - Sapiens Parque, Florianópolis- SC
48 3012 1322
contact@biome-hub.com
  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon

©2019 por BiomeHub.